Mutirão da Saúde atende famílias atingidas pelo incêndio na z.Rural

O mutirão será realizado nesta terça-feira (17) durante todo o dia

As mais de 200 famílias desabrigadas pelo incêndio ocorrido neste domingo, 15, no povoado Chapadinha Sul, no assentamento 8 de Março, zona rural de Teresina, receberão atendimento multiprofissional de equipes da Secretaria de Estado da Saúde. O mutirão de atendimento será realizado hoje, 17, durante todo o dia na própria comunidade e vai contar com cerca de 10 profissionais, entre médicos, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos.

O plano emergencial na área da saúde foi elaborado após visita realizada nesta segunda, 16, à comunidade, pelo secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, e técnicos do órgão. O plano integra um conjunto de ações do Governo para assistir àquelas famílias, abrangendo ainda as Secretarias da Defesa Civil, Administração, Assistência Social e Cidadania, além do Corpo de Bombeiros.

Mais de 200 famílias perderam tudo no incêndio (Crédito: Efrém Ribeiro)
Mais de 200 famílias perderam tudo no incêndio (Crédito: Efrém Ribeiro)

Na Saúde, o órgão vai disponibilizar toda estrutura necessária para o atendimento inicial e posterior encaminhamento à rede especializada, nos casos necessários, disponibilizando ainda medicações. Segundo Florentino, a força-tarefa do Governo do Estado visa proporcionar além de conforto, soluções rápidas para as famílias, com a assistência complementar à Atenção Primária. O mutirão acontece em parceria com a Fundação Municipal de Saúde de Teresina.

“Nosso papel é dar um suporte à Estratégia Saúde da Família, cabendo à Secretaria de Saúde realizar atendimentos num mutirão que vamos realizar na escola da comunidade, visando atender todas aquelas pessoas do assentamento 8 de Março”, afirma Florentino.

Ainda no assentamento, o secretário lamentou a perda da pequena Elóa Vitória, uma criança de pouco mais de 2 anos de idade, que faleceu em consequência do incêndio. “Estivemos na comunidade, nesta segunda, juntamente com secretários do Governo e do município, e lamentamos profundamente a perda da menina Elóa Vitória”, diz.

Mais de 200 famílias perderam tudo no incêndio (Crédito: Efrém Ribeiro)
Mais de 200 famílias perderam tudo no incêndio (Crédito: Efrém Ribeiro)


Doações

O incêndio ocorrido no domingo, 15, no povoado Chapadinha Sul, atingiu o assentamento 8 de Março, matando uma criança de 2 anos, além de destruir casas, móveis e deixando mais de 200 famílias desabrigadas. Para atender às famílias, doações de alimentos, roupas, remédios estão sendo recolhidas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, localizado no bairro Redenção.


Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com