Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mutirão de cirurgias de catarata:14 mil pessoas serão atendidas

Mutirão de cirurgias é para reduzir fila de espera.

Compartilhe
Google Whatsapp

Mais de 14 mil pessoas terão acesso a consultas oftalmológicas na segunda etapa do mutirão de cirurgias de catarata. Com a triagem após a consulta, a meta é realizar sete mil procedimentos cirúrgicos, foi o que apresentou o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, ao deputado federal Assis Carvalho, e ao presidente do Instituto de Águas e Esgotos, Francisco Costa, em reunião realizada nesta quinta-feira (18). A realização do mutirão conta com emenda do deputado, no valor de R$ 5,5 milhões, além de recursos do Ministério da Saúde.

Reunião realizada nesta quinta-feira (18).
Reunião realizada nesta quinta-feira (18)

“Nós temos garantido no Orçamento Geral da União, um valor de R$ 5,5 milhões, através de emenda parlamentar do deputado Assis Carvalho. Aqui, apresentamos hoje ao deputado e sua equipe, o projeto de mutirão de catarata para 2018. Nós programamos a utilização do recurso para realização de um grande mutirão de catarata, serão sete mil cirurgias realizadas nos nossos hospitais regionais da rede estadual de saúde”, afirma Florentino.

O deputado federal Assis Carvalho diz que esta é uma demanda muito alta no Piauí e por isso destinou os recursos para essa modalidade cirúrgica. “Nosso objetivo é beneficiar toda a rede estadual com uma quantidade de cirurgia que possa chegar a pessoas mais humildes, que sofrem muito com catarata. A gente está fazendo mais esse mutirão para reduzir essa fila de espera”, afirma.

O projeto prevê a realização de 14 mil consultas de oftalmologia, com a realização de sete mil procedimentos cirúrgicos, atendendo população de todos os territórios do Estado, especialmente as regiões com maior dificuldade de acesso à consulta ou cirurgias. O projeto também vai atender a fila de pacientes já identificados na rede pública de saúde.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto