Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Na vibe de redecorar? Especialista dá dicas de como pintar as paredes

Limpeza, proteção dos objetos e movimentos em "N" na hora de pintar são dicas pra quem quer dar mais cor para a casa nesse momento

Compartilhe


Durante a quarentena muita gente decidiu dar uma cara nova no ambiente, mudar os móveis de lugar ou fazer pequenas reformas. Mas, pintar as paredes de casa é uma excelente maneira de renovar e trazer vida aos cômodos sem precisar trocar os móveis ou objetos de decoração.

Colorir as paredes é uma tarefa que pode ser realizada pela família toda, sem a necessidade de contratar um especialista, e ainda pode ser um momento divertido e de descontração.

É fácil, mas com algumas dicas fica ainda mais e o resultado do trabalho é mais satisfatório. Por isso, a Isabela Caserta, designer de produto , separou algumas dicas para quem quer deixar casa cheia de cor.

Não existe certo ou errado!

A casa precisa ser um espaço de acolhimento para aproveitar cada momento de um descanso merecido. Ela também reflete a personalidade e gostos de cada um. Por isso, ao pensar nas cores que quer dar a cada ambiente, pense sobre os próprios gostos. Alguns passos que podem ajudar no momento da escolha como refletir sobre as cores preferidas, as que associa à memórias boas e felizes. Depois de escolher algumas opções de cores, analise os móveis e objetos que já tem no ambiente, pensando com qual delas mais combinaria para criar o match perfeito.

Outra dica importante são as referências. Seja nas redes sociais em buscadores de imagem, procure por cômodos que tenham a cor que imaginou e se inspire!

Atenção aos tipos de tinta

Existem diferentes tipos de tinta disponíveis no mercado, cada um é mais adequado para um tipo de ambiente, ou possui características específicas para dar um efeito diferente na pintura. Saiba quais são, e principalmente, qual se adequa melhor à realidade do ambiente que deseja pintar:

• Tinta látex: possui acabamento fosco e é indicada para áreas internas e secas. Não possui muita resistência ao sol, à água ou ao grande fluxo de pessoas. A limpeza da área pintada com a tinta látex deve ser realizada com um pano úmido;

• Tinta acrílica: possui acabamento fosco, semibrilho ou acetinado e é indicada para externas ou internas que necessitam de uma tinta mais resistente. Ela é impermeável, o que possibilita seu uso em cozinhas ou lavabos. A área pintada com a tinta acrílica pode ser lavada sem comprometer sua aparência.

• Esmalte sintético: possui acabamento fosco, mas é mais utilizado na versão acetinada. Sua aplicação forma uma película sobre a área e é recomendada para a pintura de madeira ou ferro. Se for usada em paredes, pode formar bolhas indesejadas;

• Tinta a óleo: possui acabamento fosco ou brilhante e sua base oleosa contribui para impermeabilizar a superfície onde é aplicada. É extremamente durável e aplicável em paredes, madeira ou ferro.

Reprodução internet

Hora de pintar!

Com a tinta escolhida é hora de colocar a mão na massa, ou melhor, na tinta e pra isso alguns materiais como pincel para acertar até nos pequenos detalhes; rolo para pintar uma área maior, dedicando menos tempo; bandeja para pegar a quantidade certa de tinta e evitar desperdícios; fita para proteger os rodapés e o teto, são essenciais. Separe tudo antes de começar a pintura.

Pra não errar nada!

Antes de começar a pintura é necessário checar algumas condições. Essas dicas são valiosas para obter o melhor resultado.

1. O estado da parede: Verifique se a parede está uniforme e sem buraquinhos. Caso não esteja, a massa corrida é indispensável para deixá-la uniforme antes de aplicar a tinta escolhida.

2. Temperatura e umidade do ar: Fique atento à previsão do tempo e evite pintar em dias muito úmidos, pois a secagem vai demorar muito mais. Dias quentes demais também podem dificultar a pintura e causar manchas na parede. Use a umidade do ar como parâmetro: se ela estiver entre 10% e 14%, o dia está perfeito para a pintura!

3. Limpeza: Para garantir o melhor resultado, a parede precisa estar limpa para receber a tinta. Por isso, use um pano seco para tirar o pó, água e sabão caso estejam sujas e, em caso de mofo, aplique a água sanitária.

4. Proteção do piso e móveis: Lembre-se que a pintura é apenas na parede. Por isso proteger o piso com papelão ou jornal, retirar a proteção das tomadas e interruptores, e usar um lençol que para cobrir os móveis que estejam por perto, é uma boa dica para que a pintura não danifique outros objetos.

5. Dicas de movimentos para pintura: Essa é a dica de ouro, segundo a especialista. Comece pintando os cantos com o pincel e depois use o rolo em movimentos de "N" para pintar todo o resto da parede. Geralmente duas camadas de tinta são o suficiente para garantir uma parede linda.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar