Nota de retratação à Senhora Suzy Cleia Vasconcelos

retratação

O portal meionorte.com e eu, Fabrize Lima venho por meio da presente nota, retratar-se publicamente e pedir desculpas a senhora Suzy Cleia Vasconcelos, em relação a reportagem publicada no dia 03 de maio de 2016, em que este portal de notícias postou em sua página, uma matéria na qual vinculava sua imagem a assaltos ocorridos em Teresina, noticiando, na mesma oportunidade, que Suzy Cleia seria co-autora dos crimes abordados.

Em verdade, obtive, em um primeiro momento, esta versão dos fatos, e, por isso mesmo, postei-a virtualmente. Entretanto, insta-me informar/esclarecer que, contrariamente ao noticiado, Suzy Cleia Vasconcelos não cometeu crime algum, nem esteve relacionada, nem tampouco é co-autora de crime algum. No momento da gravação das imagens, Suzy Cleia estava apenas acompanhando seu irmão em um Distrito Policial da cidade, e por equívoco foi apontada como praticante de delitos.

O portal meionorte.com e eu, Fabrize Lima (estagiária que na época copiou o conteúdo do veículo integrado) lamentamos o engano e qualquer transtorno que tenhamos causado à senhora Suzy Cleia, cabendo retratação formal e informal, já realizada no último dia 24 de abril do corrente ano. A senhora Suzy Cleia Vasconcelos possui conduta íntegra, trabalha, é mãe e jamais esteve associada direta ou indiretamente a nenhum crime.

Destarte, quero externar/esclarecer a todos que o conteúdo da minha declaração/postagem ou de parte dela, jamais teve a intenção implícita ou explícita de atingir, desabonar ou diminuir a conduta da senhora Suzy Cleia Vasconcelos, conforme dito anteriormente, somente transmitir uma informação primariamente que nos foi repassada, e, como visto, equivocadamente.

Assim, valho-me deste para, formalmente, e no mesmo meio de comunicação, retratar-me das informações, declarações, enfim, postagens anteriormente citadas, pela infelicidade na forma, ordem, termos ou nas expressões usadas, que, pelo visto, poderiam causar dúvidas quanto a conduta de referência, direta ou indireta, o que, de fato não existe nada que incrimine a senhora Suzy Cleia.

Reafirmo: não houve, nem poderia haver qualquer razão, nem jamais foi ou poderia ter sido a minha intenção atribuir tais predicados depreciativos a Suzy Cleia. Outrossim, aproveito essa oportunidade para ressaltar publicamente meu respeito a mesma.

Por Fabrize Lima

Fonte: Portal MN