Novo itinerário de ônibus coletivo prejudica estudantes da zona sul

A mudança deixou várias pessoas correndo risco de assalto

Moradores do bairro Morada Nova, zona sul de Teresina, não aprovaram as mudança feita pela a Strans. O orgão fez a  fusão das linhas 004 (IAPC/Cristo Rei) com a 516 (Lourival Parente/Morada Nova/Shopping/São João), que começou a valer na segunda-feira (31).

A mudança deixou várias pessoas correndo risco de assalto ou algo pior: "Quando chegamos em casa já é quase meia noite, e isso facilita os assaltos, essa mudança tem poucos dias e já teve estudante sendo vítima dos bandidos", disse Socorro Pereira, moradora do bairro.

Novo itinerário de ônibus coletivo prejudica estudantes da zona sul (Crédito: Reprodução)
Novo itinerário de ônibus coletivo prejudica estudantes da zona sul (Crédito: Reprodução)


A linha 516 é a mais usada pelos estudantes da região. Ela começa no bairro Lourival Parente. passando pelo Morada Nova, Dirceu, Shopping e São João. Antes o percurso que os estudantes faziam em 15 minutos, agora demora cerca de uma hora e meia, outra reclamação é demora dos ônibus: "Eles mudaram tudo, agora só podemos pegar o Rodoviária Circular I ou II, como o trajeto dele demora muito, esperamos mais de duas horas na parada", disse outro morador que não quis se identificar.

De acordo com o diretor de Transportes Públicos da Strans, Francisco Nogueira, essa mudança reforça os ajustes que estão sendo feitos para melhor servir aos usuários dos transportes públicos. “Estamos com os nossos fiscais nesses dois pontos onde foram feitas as mudanças. Eles estão nesses locais para orientar e tirar as dúvidas das pessoas. Será assim até que os usuários se acostumem com a mudança”, explicou.

O prazo que a Strans deu para rever a situação das mudanças das linhas de ônibus foi de 15 dias até lá os estudantes continuam correndo risco e sem saber como voltar para casa.

Fonte: Portal Meio Norte