Morreu na quinta-feira (11), no Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU/UFPI), em Teresina,  o auxiliar de escritório Alexandre Mairon da Silva, que se casou com a sua companheira na unidade de saúde no mês de agosto.

Alexandre lutava contra um câncer no fígado que estava bastante evoluído. Na primeira sessão de quimioterapia, ele contraiu uma pneumonia, depois testou positivo para Covid-19 e teve o quadro de saúde ainda mais agravado. 

O matrimônio entre Alexandre e Gisele aconteceu no hall do setor de hemodinâmica  do hospial. Foi a primeira vez que aconteceu um casamento no hospital.  A esposa de Alexandre estava grávida de 9 meses. Hoje, o filho do casal, Sebastião Silva, tem dois meses.

O padre Klébert Viana, da Catedral da Nossa Senhora das Dores, realizou a celebração. O casamento aconteceu em clima de forte emoção, tendo sido o ponto alto da cerimônia a troca de votos do casal, com declarações carinhosas que emocionaram todos os presentes- familiares e colaboradores do hospital.

Alexandre lutava contra câncer no fígado Alexandre lutava contra câncer no fígado