Paciente suspeita com 'mal de vaca louca' está internada no HU

A paciente está internada no HU desde o dia 28 de dezembro

Uma paciente de 59 anos está sendo monitorada pela Secretaria Estadual de Saúde por está apresentando sintomas semelhante ao 'mal da vaca louca'. Segundo o Hospital Universitário da UFPI, onde ela está internada desde o dia 28 de dezembro, a suspeita é de Doença de Creutzfeldt-Jakob (DCJ).

De acordo com informações da Secretaria de Saúde a paciente veio do Rio de Janeiro e a família trouxe-a para ser tratada em Teresina.

O HU informou, através de nota, que o quadro da paciente é estável e que desde que foi internada foram tomadas as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde e pela Unidade de Vigilância em Saúde.

O hospital ressaltou ainda que o contato clínico e social, as investigações clínicas, os testes diagnósticos e as intervenções envolvendo tecidos não infectivos com pacientes com Creutzfeldt–Jakob não representam risco para trabalhadores de saúde, parentes, outros pacientes ou comunidade, conforme determinam as “Informações Técnicas sobre Doença de Creutzfeldt-Jakob” (2014) do Ministério da Saúde e o “Infection Control Guidelines for Transmissible Spongiform Encephalopathies” da Organização Mundial de Saúde e Centers for Disease Control and Prevention (2000).

Segundo a nota, foram adotadas precaucação padrão usada para todos os pacientes não sendo requerida precaucação especial para utensílios de comida, tubos de alimentação ou sucção, roupas de cama, itens utilizados na pele ou nos cuidados com úlceras por pressão. "Há, contudo, precaução específica para manipulação de tecidos do sistema nervoso central e dos olhos, no momento da necropsia, para o setor da Patologia."


Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com