Pacientes dividem espaço com sacos de lixo em hospital do Tocantins

Pacientes internados em corredor dividem espaço com lixo

O acompanhante de uma paciente ficou inconformado com a situação precária que se encontra  o Hospital Regional de Araguaína, norte do Tocantins. Pacientes internados junto com sacos de lixo contaminados. O lixo não é recolhido há dias e também se acumula no fundo e nas laterais da unidade. Esta é a terceira vez que o problema se repete este ano. 

Um homem, que pediu para não ser identificado, diz que a mulher dele aguarda há 10 dias no corredor à espera de uma cirurgia ortopédica. "Já pelejei para ela ser transferida, mas é a maior frescura para ela ser transferida para o HGP [Hospital Geral de Palmas]. Mas lá está pior do que aqui, eu não sei como faz com a saúde". Segundo ele, a direção do hospital diz que a cirurgia não é feita por falta de materiais.


O acompanhante confirmou que o lixo não está sendo recolhido e que é possível sentir o mau cheiro dentro da unidade. "A minha esposa está no corredor e está sentindo o cheiro. Não tem para onde correr com a catinga, não".

A Secretaria Estadual da Saúde disse que a paciente que aguarda cirurgia ortopédica está sob os cuidados da equipe multiprofissional e que o estado de saúde dela é estável, mas não informou quando o procedimento será feito.

Disse também que está negociando com a empresa para que uma nova coleta de resíduos seja realizada no hospital.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com