Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Papa Bento XVI diz que está rezando pelas vítimas da gripe suína de todos os países

Pouco antes da reza do Regina Coeli, o papa falou de sua próxima viagem à Terra Santa

Papa Bento XVI diz que está rezando pelas vítimas da gripe suína de todos os países
Papa Beto XVI fala da gripe suina | Divulgacao
Compartilhe

O papa Bento XVI disse neste domingo que deseja expressar sua proximidade e assegurar sua oração "pelas vítimas da gripe que está afetando o México e outros países", durante sua tradicional saudação, após rezar o Regina Coeli.

Diante de milhares de fiéis na Praça de São Pedro, o Papa disse, em espanhol: "Queridos irmãos mexicanos, mantenham-se firmes no Senhor, Ele os ajudará a superar esta dificuldade. Convido-os a orar em família neste momento de prova. Nossa Senhora de Guadalupe os ajude e proteja sempre".

Pouco antes da reza do Regina Coeli, o papa falou de sua próxima viagem à Terra Santa e disse que defenderá "o diálogo e a reconciliação" nessa região, "para alcançar uma paz estável e duradoura na justiça e no respeito recíproco".

O Papa afirmou que seguirá os passos de seus antecessores no Pontificado, Paulo VI e João Paulo II, e será peregrino "nos principais lugares santos de nossa fé".

Bento XVI viajará em 8 de maio à Jordânia, Israel e territórios palestinos ocupados "como peregrino da paz" e "em nome do único Deus e pai de todos".

O Pontífice mencionou a difícil situação da comunidade cristã na Terra Santa, aos quais se propõe a "encorajar", porque "estão atravessando cotidianamente não poucas dificuldades", e lhes fará "sentir a proximidade e o apoio de todo o corpo da Igreja".

"Esta viagem não poderá carecer de uma notável importância ecumênica interreligiosa" e "Jerusalém, deste ponto de vista, é a cidade símbolo por excelência: ali morreu Cristo para reunir todos os filhos dispersos de Deus", disse.

O papa se referiu também à missa que havia celebrado hoje na Basílica de São Pedro, durante a qual ordenou 19 sacerdotes da diocese de Roma, 13 italianos e o resto da Nigéria, Haiti, Croácia, República Checa, Chile e Coréia do Sul, e pediu para refletir sobre "a confiança na iniciativa de Deus e na resposta humana".


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar