Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Perfil em rede social “denuncia” quem não cumpre isolamento no Piauí

De denúncia em denúncia, a conta já publicou centenas de encontros com grande número de pessoas, festas privadas e contato direto entre os participantes, em sua maioria jovens

Compartilhe

Seguindo alguns perfis já desenvolvidos em todo país, e até no mundo, uma conta da rede social Instagram, intitulado “Expõe Piauí” (@expoepiaui), foi criado para denunciar quem está descumprindo as medidas de isolamento social e  regras da quarentena, que ajudam na prevenção e controle da disseminação da pandemia da Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus, em municípios do Piauí, principalmente Teresina, e já conta com mais de 7.600 mil seguidores em menos de 15 dias que está no ar.

A página solicita que os usuários enviem fotos e vídeos de quem descumpre o isolamento social e afirma que irá manter o sigilo do remetente. De denúncia em denúncia, a conta já publicou centenas de encontros com grande número de pessoas, festas privadas e contato direto entre os participantes, em sua maioria jovens.

A reportagem entrou em contato com a administradora do perfil, que preferiu ficar no anonimato, e destacou que recebe de 50 a 60 fotos com denúncias diariamente, principalmente nos finais de semana, contudo é feito uma filtragem antes da postagem. Ela enfatiza que põe uma tarja sobre o rosto de todas as pessoas antes de fazer a publicação nos stories e não compartilha imagens que tenha a presença de crianças, pessoas muito embriagadas ou mulheres seminuas.

“Recebo muitas ameaças de todos os tipos, e por ser mulher fico muito vulnerável. Não exponho nem rosto, nomes e o Instagram de ninguém para não fazer com o que algumas pessoas que perdem o equilíbrio acabem indo atrás das que foram divulgadas. Uso do humor também porque as pessoas gostam, tenho total interação com os seguidores, que acaba sendo uma forma de entretenimento também”, declarou a responsável pelo perfil em entrevista via direct.

A ideia de criar a página veio após descobrir que outros Estados estavam adotando a iniciativa e que apesar de receber ameaças, cerca de 90% dos usuários da rede social aprovam a proposta e a prova disso é que o perfil chega a receber por dia quase 500 solicitações de seguidores. “Confesso que por conta das atividades paradas ando com o tempo livre, então resolvi criar essa página e acho sim que as pessoas que insistem em quebrar o isolamento estão atrapalhando a volta da rotina de todos nós. Assim como tem muita gente contra o isolamento, vejo que muitos estão cumprindo também”, acrescentou.

Apesar da intenção parecer positiva, o perfil já vem sendo alvo de polêmica, pois alguns apontam a exposição das pessoas "denunciadas" como violação  de direitos e ameaçam processos pelo uso das imagens sem autorização. Já outros defendem o canal como ferramenta de conscientização para evitar a disseminação do vírus, já que, com a paralisação de muitos serviços e atividades e os decretos municipais e estadual de calamidade pública, a orientação é de que se evite aglomerações.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar