Piauí: 23 núcleos de saúde do trabalhador serão implantados

No total, 25 municípios foram previamente selecionados.

O Piauí vai contar com mais 23 Núcleos de Saúde do Trabalhador (Nusat) ainda este ano. Para isso, os profissionais da atenção básica que irão atuar nos núcleos, participaram, nessa terça-feira (23), de capacitação da Vigilância Sanitária do Estado (Divida), por meio do Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), no sentido de sensibilizá-los para fortalecer ações na prevenção de acidentes relacionados ao trabalho e promoção de ambientes e processos de trabalhos saudáveis.

“Inicialmente chamamos, para esse primeiro momento, profissionais de 13 municípios. No segundo semestre, vamos realizar essa mesma capacitação com os municípios restantes que implantarão o Nusat”, explicou a diretora da Divisa, Tatiana Chaves.

No total, 25 municípios foram previamente selecionados para o enfrentamento de problemas surgidos, tendo como objetivo, minimizar os impactos gerados pelo aumento da demanda de serviços ao SUS, por meio de ações de vigilância em saúde, com foco na saúde dos trabalhadores. “Desses 25 municípios selecionados, dois já tem o Nusat implantado, Pedro II e Parnaíba”, acrescentou a diretora.

A seleção dos municípios que vão implantar o núcleo seguiu alguns critérios, entre eles, priorizar aqueles locais com população acima de 20 mil habitantes e que já notificam agravos referentes à saúde do trabalhador.

Os municípios irão receber, do Governo do Estado, equipamentos de informática para dar inicio as atividades do Nusat. “Esses equipamentos serão entregues no mês de julho, quando iniciaremos a próxima capacitação com os municípios contemplados”, finalizou Tatiana Chaves.

Fonte: Assessoria
logomarca do portal meionorte..com