Piauí: 3º a integrar registro de flagrantes à Central de Inquéritos

Tecnologia que permitirá a integração entre bancos de dados.

A Secretaria de Segurança em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública-SENASP realiza treinamento em um novo sistema de registro de flagrantes. O Piauí passa assim a ser o terceiro Estado do país a receber a tecnologia que permitirá a integração entre bancos de dados e dará agilidade na apresentação de inquéritos.

O treinamento começou na manhã desta segunda (24) na Escola Fazendária. Técnicos da SENASP estão capacitando agentes para registros de Boletins de Ocorrência e à tarde terá continuidade com escrivães e delegados.

Secretário Fábio Abreu (Crédito: Divulgação)
Secretário Fábio Abreu (Crédito: Divulgação)

“Estamos recebendo treinamento, aplicativos e softwares de um projeto da SENASP para integração do sistema de registro de flagrantes, inquéritos. Todos serão virtuais, acabando com aqueles gigantescos processos em papel. O objetivo é que ao finalizar um flagrante seja distribuído automaticamente ao Tribunal de Justiça através da Central de Inquéritos. O juiz terá acesso ao flagrante antes mesmo da chegada do preso o que dá agilidade ao trabalho”, destacou o secretário Fábio Abreu.

Além do Piauí apenas outros dois Estados estão com o sistema implantados. Para o Secretário Fábio Abreu este avanço será importante para também integrar os bancos de dados da SSP-PI, como o do Instituto de Identificação.

“Isso faz com que a integração de bancos de dados do Piauí com qualquer outro Estado do país. Também vamos estar interligando o banco de dados da identidade para que tenhamos todas as informações possíveis em um flagrante”, completou.


Fonte: Secretaria de Segurança