Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Piauienses aderem à tendência de congelar umbigo e líquido amniótico para células-tronco

Células-tronco

Compartilhe

PIAUIENSES ADEREM ? TEND?NCIA DE CONGELAMENTO DO UMBIGO, LIQU?DO AMNI?TICO DOS FILHOS PARA USO DE C?LULAS-TRONCO NO FUTURO

Os piauienses est?o cada vez mais contratando o congelamento de parte do umbigo, placenta e do l?quido amni?tico de seus filhos rec?m-nascidos para no futuro usarem as c?lulas-tronco para a cura de doen?as dos pr?prios filhos ou de parentes.

A tend?ncia de comportamento terminou sendo revelada quando o secret?rio municipal de Administra??o, deputado estadual Luciano Nunes Filho, contratou o servi?o para o congelamento de parte do umbigo, da placenta e do l?quido amni?tico da sua filha Maria Luiza Nunes, que nasceu no ?ltimo dia 9.

O servi?o foi feito por laborat?rio especializado no Rio de Janeiro com enfermeira e t?cnicos piauienses. Luciano Nunes Filho revelou que o servi?o de coleta e o transporte do material ? de R$ 3,5 mil, que pode ser divididos em 12 vezes. A manuten??o e o dep?sito do material s?ao feitos com pagamento anual de R$ 500.

?? uma seguran?a, uma preven??o. Eu n?o quero que nunca precise usar o material, mas se eu precisar j? tenho porque se eu n?o tiver possoo ter todo o dinheiro do mundo e nem sempre encontrar uma pessoa compat?vel?, declarou Luciano Nunes.

O objetivo de Luciano Nunes ? resguardar a filha de doen?as futuramente. Segundo ele, as c?lulas-tronco de Maria Lu?za foram congeladas e ser?o guardadas em um laborat?rio no Rio de Janeiro para que, caso a menina venha a ter uma doen?a cong?nita, ela j? ter? seus pr?prios tecidos e n?o necessitar? procurar um doador compat?vel.

?? mais uma preven??o, porque se Deus quiser ela n?o vai precisar. Mas, se precisar, no caso de uma leucemia, alguma coisa, n?o vai necessitar de procurar um doador, pois j? ter? seus pr?prios tecidos no ponto para serem usados?, explicou Luciano Nunes.

O servi?o foi previamente contratado e no dia do parto foi avisado. ?Eles enviaram para a Maternidade Dona Evangelina Rosa os profissionais daqui mesmo, que s?o treinados para esse tipo de servi?o, que na hora do parto retiraram um pouco de cada material gen?tico e congelaram?, disse Luciano Nunes Filho.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar