PM encontra buraco e evitam tentativa de fuga em penitenciária

Foram encontradas cinco celas abertas e um buraco no pavilhão B

O Grupo de Intervenção Prisional da Polícia Militar abortou uma tentativa de fuga no pavilhão B, que contém 40 detentos, da Penitenciária Regional Irmão Guido, em Teresina, por volta das 4h desta quinta-feira (4).

O Grupo de Intervenção fazia ronda noturna na unidade, quando o sargento J. Sousa identificou a tentativa de fuga, interceptando os presos e acionando os agentes penitenciários de plantão.

De acordo com a gerência da Penitenciária Irmão Guido, foram encontradas cinco celas abertas cerradas e um buraco sendo cavado para dar acesso à parte externa do pavilhão.

Após a tentativa de fuga, os agentes penitenciários e policiais militares realizaram uma vistoria no pavilhão B, procedendo com a conferência de presos. A Secretaria de Justiça está investigando o caso.


O gerente do presídio, Josiel Marcos, explica que a ação exitosa é fruto do planejamento estratégico traçado pela gerência e pela Secretaria de Justiça para manter a ordem na Irmão Guido.

De acordo com o tenente coronel Luís Antônio Pitombeira, diretor de Inteligência e Proteção Externa da Secretaria de Justiça, a segurança na Irmão Guido tem sido constantemente reforçada.

"A unidade passa por uma reforma geral e, por isso, estamos reforçando a segurança com o apoio das equipes de intervenção prisional dos policiais militares e agentes penitenciários", pontua Pitombeira.

 

Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com