PM que assassinou esposa vai a juri popular em Capitão de Campos

O acusado está preso há um pouco mais de dois anos

O ex-policial militar Hugo Viana Lino, que matou a esposa, Neylivia Oliveira da Costa, em Capitão de Campos, vai a juri popular dia 10 de maio. O crime ocorreu em 2- de abril de 2014.

O acusado está preso há um pouco mais de dois anos. A defesa do acusado chegou a pedir que o julgamento fosse em outra cidade, porém Juíz Sílvio Valois Cruz Júnior não concedeu pedido de desaforamento, mantendo o julgamento em Capitão de Campos. Hugo vai ser julgado por homicídio qualificado, hediondo enquadrado na Lei Maria da Penha.

O julgamento será dia 10 de maio de 2017, às 09h, perante o Colendo Tribunal Popular do Júri no Plenário do Fórum.

Image title

O CASO

Neylivia Oliveira da Costa Viana pelo esposo, o então sargento da Polícia Militar do Piauí, Hugo Viana Lino, que era comandante de GPM em Cocal de Telha-PI, ela foi morta com pelo menos 11(onze) tiros de pistola, dentro de sua casa, no centro do município de Capitão de Campos (130 km de Teresina), no dia 20 de abril de 2014, Hugo ainda tentou contra o comandante local da PM, João Alcântara Seixas, acertando-o na perna com um tiro da mesma arma.

Fonte: Com informações do Piripiri Reporter