Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Delegada faz alerta para falsas promoções na internet

Postagens promocionais em WhatsApp e Facebook têm levado pessoas a cair em golpes. Usuários devem ficar atentos às promoções com grandes descontos e links que pedem informações.

Compartilhe
Google Whatsapp

Os criminosos virtuais veem nas redes sociais uma excelente plataforma para aplicar golpes e prejudicar os usuários. O mais recente golpe consiste em um link que oferece falsos kits de cosméticos em comemoração à data dos namorados. 

O golpe ocorre da seguinte forma:  Quando a pessoa recebe o link, o usuário é encaminhado para responder uma rápida pesquisa. Depois disso, é induzido a compartilhar, como forma de convite, a 5 contatos ou grupos do aplicativo de mensagens. Após esta etapa, outro perigo evidente, o usuário é induzido a fornecer os dados pessoais e finalmente ele é direcionado a páginas falsas para realizar downloads de aplicativos infectados com malwares com intuito de causar danos no aparelho e roubar dados.

A delegada Adília Klein explica que esse tipo de crime utiliza a “engenharia social”, na qual induz o usuário a clicar em links e o encaminha para outros conteúdos. Outra coisa importante é quanto ao código de verificação que muitas pessoas recebem.

Delegada Adília Klein fala sobre cuidados com falsas promoções | Crédito: José Alves Filho 

“Às vezes você recebe no celular a atualização de aplicativo, seja ele do banco, ou de sites como OLX. Mas essas empresas não costumam utilizar essas promoções”, disse.

No Facebook, também têm surgido links patrocinados com ofertas de produtos de lojas famosas que oferecem descontos suspeitos, alguns até superiores a 70%. Especialistas alertam,  que é preciso desconfiar de promoções como estas. Neste caso, o usuário é conduzido ao site semelhante ao original, e ao reunir dados bancários, criminosos utilizam as informações para realizar compras, passando-se pelo usuário.  

A delegada Adília Klein adverte aos usuários: “Se você quer ir em uma loja específica, vá no site oficial. A orientação é que não clique em link que você não tem conhecimento da origem”, disse.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×