A Polícia Federal indiciou o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro na cueca durante operação em outubro de 2020, por participação em suposto esquema de desvio de verba de combate à pandemia em Roraima.

Senador Chico Rodrigues (DEM)Senador Chico Rodrigues (DEM)

Segundo a corporação, há indícios de que o senador cometeu os crimes de peculato, advocacia administrativa, embaraço às investigações e lavagem de dinheiro.

O órgão policial federal afirma que Rodrigues integrou o núcleo político do grupo que atuou para favorecer empresa que seria contratada para a entrega de kits de teste rápido para Covid-19 e o fornecimento de equipamentos de proteção individual.

O relatório policial apontou ainda que o senador interviu diretamente junto à Força Aérea Brasileira e se beneficiou, indiretamente, para viabilizar a logística de transporte do material.

O ministro do STF Luís Roberto Barroso, relator do caso, enviou o relatório da PF à Procuradoria-Geral da República – que vai decidir se há elementos para denunciar, ou não, o senador. A denúncia é a acusação formal do Ministério Público Federal (MPF) à Justiça.

Fonte:Metrópoles