Greco prende grupo criminoso acusado de roubar jóias e ouro

Dois dos presos são pai e filho.

Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (12/09), o Grupo de Repressão ao Crime Organizado coordenado pelo Delegado Gustavo Jung realizou o cumprimento de quatro mandados de prisão contra um grupo criminoso, alguns deles com diversas passagens, que no ano de 2016, em conluio, arquitetavam crimes contra empresários e empresas atuando cada um com funções bem definidas. Os mandados expedidos pelo Juiz da Central de Inquéritos de Teresina, Dr. Luis Moura, são provenientes de representação de prisão preventiva requerida nos autos do inquérito policial, pleito este que teve parecer favorável pelo Ministério Público.

Dentre os crimes praticados, destaca-se o roubo de joias e ouro das mais variadas espécies, as quais, após serem as vítimas roubadas, o produto do crime era repassada a terceiros que detinham nome limpo na praça e com crédito perante instituições financeiras, para que fossem realizados empenhos no setor de penhor da Caixa Econômica Federal, com o intuito de camuflar a origem ilícita do dinheiro, bem como realizar a capitalização financeira do grupo.

Dois presos, pai e filho, foram identificados como: Francisco das Chagas de Moraes, mais conhecido como ‘Cerqueira’, (de camisa amarela) e Jefferson Siqueira Silva de Moraes. Ressalta-se que demais integrantes do citado grupo criminoso foram presos em outros inquéritos policiais pela prática de crimes dos mais variados, sendo o presente inquérito um dos que ainda restava pendente na sede do GRECO.

Francisco das Chagas de Moraes (Crédito: Polícia Civil)
Francisco das Chagas de Moraes (Crédito: Polícia Civil)
Jefferson Siqueira Silva de Moraes (Crédito: Polícia Civil)
Jefferson Siqueira Silva de Moraes (Crédito: Polícia Civil)


Fonte: Ascom
logomarca do portal meionorte..com