Homem mata casal após foto sua em festa ser enviada para a esposa

Ele confessou o crime, mas alegou que estava se defendendo

O principal suspeito de matar um casal a tiros em Goiânia foi preso nesta quinta-feira (21/9). O crime ocorreu no último domingo (17) e teria sido cometido após Ricardo de Oliveira descobrir uma foto sua no celular da esposa.

A contadora Camila Edna Silveira teria enviado para sua prima, que é casada com o suspeito, uma foto dele ao lado de outra mulher durante uma festa. Esse teria sido o último episódio de uma série de reclamações que o suposto assassino tinha sobre Camila e seu noivo, que vivam dando palpite na vida do casal. Essa foi a versão que o suspeito contou para a polícia.

Ele confessou o crime, mas alegou que estava se defendendo. Durante a apresentação dele na Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), ele afirmou que, após ver a mensagem, foi com a mulher, Gleicy Pita, e o filho, de 1 ano e 9 meses, para a casa das vítimas, que fica próxima à deles.

Mensagens mandadas para a esposa do suspeito
Mensagens mandadas para a esposa do suspeito


“Chamei a Camila no portão e, assim que o portão abriu, eu estava com o celular da Gleicy na mão e mostrei pra ela. Perguntei o porquê daquilo e, quando ela viu o que aconteceu, assustou, pulou em mim, e foi na hora que, sem querer, atirei nela. O Mário veio correndo e no impulso do nervosismo, achei que ia dar uma facada em mim e atirei naquele impulso", contou.

Ricardo disse que tem o costume de andar armado e não pegou a arma premeditando o crime. Ele afirma que está arrependido.

Homem mata casal após foto sua em festa ser enviada para a esposa
Homem mata casal após foto sua em festa ser enviada para a esposa


"Mexo com comércio, já fui assaltando várias vezes. Então, quando ia fazer depósito, uma hora ou outra a gente sempre andava com arma. E, por incrível que pareça, estava no carro. Estou muito arrependido. Estraguei a minha vida, a vida da minha família. Vou perder o contato com meu filho por um bom tempo, que é tudo o que eu mais prezo. Trabalho no meu comércio, sou honesto e manchei meu nome num ato de impulso", concluiu.

Casal morto a tiros
Casal morto a tiros


Apesar da alegação do suspeito, o delegado crê que ele agiu de forma premeditada. Ricardo será indiciado por duplo homicídio duplamente qualificado, por impossibilitar a defesa da vítima e por motivo fútil.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com