Laudo aponta que mulher foi queimada viva em crime em Picos

O documento aponta que a mulher foi assassinada.

Dois meses, após o corpo de Veronice da Silva Bispo ter sido encontrado completamente carbonizado na proximidades da passarela de Picos, a Polícia Civil recebeu o laudo cadavérico do caso.

O documento aponta que a mulher foi assassinada. De acordo com o delegado Agenor Ferreira Lima, ainda não se sabe se o crime se trata de um homicídio ou feminicídio.

“Esse caso é bem complexo, uma vez que a vítima era usuária de entorpecentes, daí essa nossa dificuldade de apontar os fatos, tendo em vista que as pessoas que se envolviam com a mesma também eram usuárias”, disse o delegado.

Ainda de acordo com Agenor o laudo apontou que Veronice foi queimada viva e que as investigações sobre o caso seguem, apesar das dificuldades quanto ao efetivo empregado na delegacia especializada de homicídios e trafico.

Relembre o caso

Um corpo, aparentemente de uma mulher, foi encontrado por populares por volta das 11h00, no bairro Bomba, em Picos. A Polícia Militar foi acionada e isolou a área.

O local fica às margens da BR 316 nas proximidades da passarela, em um terreno tomado por um matagal. Populares informaram à polícia que um incêndio na área teve início da manhã da última terça-feira, 03.

Para queimar o corpo o autor do crime usou um combustível que foi transportado em um recipiente encontrado próximo ao local do crime.

Fonte: Com informações do Picos 40 graus
logomarca do portal meionorte..com