PM é morto a tiros no Rio de Janeiro; 102 somente em 2017

Cabo foi morto ao retornar do trabalho

Um cabo da Polícia Militar, identificado como Júlio Cesar Silva Oliveira, de 36 anos, morreu no início da manhã desta quinta-feira (07), com um tiro na cabeça e outro nas costas, durante uma tentativa de assalto, no Rio de Janeiro. O militar foi socorrido, mas, já chegou sem vida ao hospital. 

Com esse caso, o número de policiais militares mortos no estado do Rio, apenas em 2017, já chega 102. Cabo Oliveira, era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Chatuba, e voltava do trabalho quando o fato aconteceu. Ele teria reagido a ação dos criminosos, houve troca de tiros e ele acabou sendo atingido.

Familiares do Cabo Oliveira deixam Hospital Getúlio Vargas emocionado, após confirmação da morte (Crédito: Extra)
Familiares do Cabo Oliveira deixam Hospital Getúlio Vargas emocionado, após confirmação da morte (Crédito: Extra)

O comando da UPP Chatuba informou que carro e a arma do policial foram levados pelos criminosos, sendo o veículo encontrado um pouco depois em uma rua próxima ao local do crime.

A Divisão de Homicídios investiga o caso. Segundo a Polícia Civil, foi realizada perícia e estão sendo feitas buscas por câmeras e testemunhas. O cabo Oliveira era casado e deixa dois filhos. Ele estava na corporação desde 2009. Ainda não há informações sobre o enterro.

Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com