Professora de 54 anos é presa por ter relações sexuais com aluno

Durante o curso da investigação, Theresa renunciou seu cargo.

Uma ex-professora de música foi presa acusada de ter relações sexuais com um estudante de 17 anos. Theresa Gunn, de 54 anos, que trabalhava em um colégio em Atlanta, na Geórgia, foi presa por agressão sexual e responde a três acusações de contribuir para a delinquência de um menor.

Para o juiz, a acusada disse que o aluno a forçou a fazer sexo com ela. “Ele era [convincente] como um vendedor de carros usados”, disse ela ao tribunal. Mas o juiz não foi influenciado por sua declaração e a condenou a 90 dias de prisão e dez anos de liberdade condicional.

De acordo com o Daily Mail, o adolescente teria contado à mãe que logo foi à escola e informou aos funcionários sobre a situação. O oficial de recursos escolares e o departamento de serviços familiares e infantis foram notificados, bem como a polícia.

Segundo o relatório policial, o relacionamento havia começado em março e os dois teriam feito sexo em três ocasiões: na escola, na residência da professora e em um parque da região. A professora também teria organizado uma festa em sua casa na qual teria convidado a vítima e outras duas estudantes para fumar maconha.

“A segurança de nossos alunos é uma prioridade. Quando tivemos conhecimento das alegações contra a Sra. Gunn, investigamos tudo imediatamente”, disse o porta-voz das escolas públicas do condado de Gwinnett, Bernard Watson, em um comunicado.

Durante o curso da investigação, Theresa renunciou seu cargo na escola.


Fonte: Com informações do Metropoles
logomarca do portal meionorte..com