Soldado da Aeronáutica é acusado de assalto em posto no Maranhão

Outros três suspeitos também foram presos na ocasião.

Quatro homens identificados como Rafael Carvalho Boás, Thiago Nogueira Sousa, Thyerryson Magno Lopes Sodré e Dener Brian Monteiro Santos, que é soldado da Aeronáutica e trabalha para o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) foram presos acusados de participação em um assalto a um posto de combustíveis na região metropolitana de São Luís, no Maranhão

Com o bando os policiais apreenderam seis celulares, um revólver calibre 38 com numeração raspada, munições e um facão. Os suspeitos estavam em um veículo que foi interceptado pela Polícia Militar, que foi acionada e realizou buscas pela região. 

Em nota, o Centro Lançamento de Alcântara informou que o soldado está sob custódia do CLA e haverá abertura de processo administrativo para apurar a conduta do mesmo.  

"A Força Aérea Brasileira repudia atitudes desta natureza e atua firmemente para coibir desvios de conduta de seus militares. O Comando da Aeronáutica colabora com a autoridade policial nas investigações".

Soldado da Aeronáutica
Soldado da Aeronáutica Dener Brian Monteiro Santos (Crédito: Arquivo Pessoal/G1 Maranhão )


Fonte: Com informações do G1-Maranhão
logomarca do portal meionorte..com