Policiamento ambiental ganha reforço com aquisição de motocicletas

Motos serão usadas em parques ambientais e áreas verdes de Teresina

Parques ambientais e áreas verdes da nossa cidade ganham mais um reforço em seu policiamento através da aquisição de quatro motocicletas, que devem dar mais agilidade ao trabalho de segurança a ser realizado pela Guarda Civil Municipal.

Os equipamentos, adquiridos com recursos oriundos do Fundo Municipal de Meio Ambiente, foram entregues às guardas municipais na manhã de hoje (22), no Parque da Cidade, um dos espaços que receberá esse policiamento.

Além do Parque da Cidade, localizado no bairro Primavera, o Jardim Botânico de Teresina, a Floresta Fóssil e o Parque da Cidadania são exemplos de locais inclusos nas rotas e rondas de policiamento ambiental, trabalho este que está em processo de iniciação. 

“A Guarda Municipal é estatutariamente responsável pela proteção do patrimônio público e assistência à comunidade. No caso dos parques ambientais e áreas verdes de Teresina, vimos a necessidade melhorar as ações de segurança e proteção desses locais. Com a limitação orçamentária do município, a alternativa foi adquirir essas motocicletas com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente, que pode ser investido em projetos como este, voltado para unidades de preservação ambiental”, explica o secretário Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), Olavo Braz. 

Motos serão usadas em parques ambientais e áreas verdes de Teresina (Crédito: Reprodução)
Motos serão usadas em parques ambientais e áreas verdes de Teresina (Crédito: Reprodução)

Vinculado à Semam, o Fundo tem sua aplicação gerida em conformidade com as deliberações aprovadas pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema), composto por 30 conselheiros, que se reúnem mensalmente. Seus recursos são constituídos, por exemplo, de taxas e tarifas ambientais, arrecadação de multas previstas em lei e compensação ambiental.

O Fundo Municipal de Meio Ambiente tem por finalidade o desenvolvimento de projetos que visem o uso racional e sustentável de recursos naturais, incluindo manutenção, melhoria e recuperação da qualidade ambiental, no sentido de elevar a qualidade de vida da população teresinense. 

Fonte: Portal Meio Norte