Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Poluição da lagoa do Mocambinho causa incômodo a visitantes

A saída de uma galeria, que despeja o esgoto diretamente na lagoa, vem causando morte de peixes e aves

Compartilhe

A grande Lagoa do Mocambinho, localizada no Parque Ambiental Matias Augusto de Oliveira Matos, sobrevive em meio a um triste estado de conservação ambiental. A saída de uma galeria, que despeja o esgoto diretamente na lagoa, vem causando morte de peixes e aves.

José Alves Filho

O mau cheiro incomoda também os visitantes. Adriana Alves, dona de casa, escolheu o domingo para visitar, pela primeira vez, o parque. Olhando de longe, ela ficou surpresa com a beleza do espaço. No entanto, chegando mais perto da água, viu os sacos plásticos, garrafas, peixes na superfície do lago e, claro, sentiu o forte cheiro de esgoto.

"Está poluída e achei que eles tivessem feito uma limpeza para receber as pessoas aqui. O espaço é realmente muito bonito e espero que isso seja consertado", afirma.

José Alves Filho

O local possui uma área total de 4,9 hectares e dispõe de ciclovia, quadras de areia, futebol society, badminton e campo de grama sintética. Além dos ambientes para prática de esportes, também há um prédio administrativo, quiosques, academias, playground e área contemplativa no entorno da lagoa, com grama natural para descanso.

A obra total foi orçada em R$ 12,7 milhões, com financiamento do Banco Mundial. Toda a estrutura foi construída no entorno de uma imensa lagoa, uma das maiores da região.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar