Populares denunciam tentativas de assaltos em ponte na PI-113

A ponte foi construída em 2015

Centenas de pedestres que transitam todos os dias pela ponte de concreto do riacho do cipó as margens da PI-113, entre José de Freitas e Cabeceiras, denunciaram as péssimas condições de tráfego e a ações de bandidos no local com o registro de várias tentativas de assaltos.

Segundo relatos de populares, os bandidos usam o matagal para se esconder, e aproveitam as péssima condições de tráfego que se encontra a superfície da ponte, e quando os condutores de motocicletas e automóveis diminuem a velocidade ele aproveitam para atacar.

Um jovem que não teve o nome revelado afirmou para a equipe de reportagem, que sua irmã sofreu quatro tentativa de assalto na travessia da ponte. Segundo ele, os acusados sairão do mato e atacaram sua irmã no momento que ela diminuiu a velocidade para passar no local.

Um motoqueiro declarou que passa no local todos os dias, mais evitar trafegar pela ponte durante a noite, temendo ser atacado e roubado pelos marginais. Os denunciantes também informaram que os acusados costumam atacar entre as 09 : 00 e 10 horas da manhã. “Gostaria de pedir a polícia militar para fazer rondas preventivas pela região” falou um popular.

A ponte foi construída em 2015, pelo então prefeito Josiel Batista, os moradores das comunidades Lagoa Seca, Salva Vida, Seriema, Santa Teresa, Folha Larga, Bacuri, Boa Viagem e demais localidades pedem providências urgentes para prefeitura de José de Freitas, fazer uma reforma na ponte, tendo em vista que a mesma está com sua estrutura comprometida, apresentando diversas rachaduras.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Realidade em Foco
logomarca do portal meionorte..com