Post de Obama sobre Charlottesville bate recorde no Twitter

"Ninguém nasce odiando outra pessoa", disse Obama

A cidade de Charlottesville foi palco, no último sábado (12), de uma manifestação de supremacistas brancos e neonazistas que deixou três mortos. Os supremacistas protestaram contra negros, imigrantes, gays e judeus. 

Um tuíte do ex-presidente norte-americano Barack Obama após os episódios de violência em Charlottesville, na Virgina, recebeu o maior número de likes na história do Twitter, com 3,2 milhões de reações. Obama publicou uma foto dele com crianças de raças diferentes e uma citação do sul-africano Nelson Mandela, prêmio Nobel da Paz.

Post de Obama sobre Charlottesville bate recorde no Twitter (Crédito: Reprodução/Twitter)
Post de Obama sobre Charlottesville bate recorde no Twitter (Crédito: Reprodução/Twitter)


"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor da sua pele, pelas suas origens ou pela sua religião". O tuíte superou o recorde precedente da cantora Ariana Grande logo após ao atentado terrorista de Manchester, em maio. Além da foto, Obama publicou outras mensagens sobre amor e ódio.   

"Para odiar, as pessoas precisam aprender. E se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto", escreveu o ex presidente.   


Fonte: Com informações do Jornal do Brasil
logomarca do portal meionorte..com