Presídio de Campo Maior pode levar nome de agente morto

O agente penitenciário morreu em acidente na BR-135.

O presídio de Campo Maior teve sua inauguração realizada às pressas pela Secretaria de Justiça para desafogar os outros presídios do Estado. A polêmica ocorreu em torno do nome do presídio que se chama ‘Nelson Mandela’. Após protestos e reclamações, o local pode ser rebatizado.

Um projeto apresentado na Assembleia Legislativa do Piauí pede que a unidade prisional leve o nome do agente penitenciário José Arimatéia Barbosa Leite, que morreu em um acidente ocorrido na BR-135, no mês de agosto deste ano.

O projeto é de autoria do deputado estadual Dr. Hélio após atender um pedido do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí. De acordo com o parlamentar, o agente penitenciário morreu no momento em que estava de serviço, quando se deslocava para  Brasília em busca de equipamentos para a Secretaria de Justiça e já possuía 28 anos de trabalho.


Fonte: Com informações do Campo Maior em Foco
logomarca do portal meionorte..com