Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Presídios de Teresina e Altos voltam a receber visitas presenciais

As visitas estavam suspensas desde o mês de março, como medida de controle da propagação da Covid-19.

Compartilhe

Reeducandos das unidades penais de Teresina e Altos voltaram, nessa quinta-feira (1º), a receber visitas presenciais de familiares e amigos. As visitas estavam suspensas desde o mês de março, como medida de controle da propagação da Covid-19.

Segundo Ednaldo Santana, gerente da Penitenciária Professor de Ribamar Leite, antiga Casa de Custódia de Teresina, a unidade preparou um espaço para receber os amigos e familiares dos reeducandos. “A unidade passou por uma reforma e nós pensamos de imediato em reservar um espaço, para que a família pudesse visitar os internos de forma segura, tranquila, confortável e obedecendo aos protocolos de saúde. Neste espaço, procuramos sempre orientar os internos e os visitantes a seguir todos os protocolos para que não haja contaminação. Com isso, o Estado passa a ter um controle total tanto dos visitantes quanto dos internos, no momento de visitação”, pontuou Ednaldo Santana.

Presídios voltam a receber visitas presenciais / Crédito: Ascom

Para Marlúcia Regina, mãe de reeducando, a penitenciária está mais humanizada e tem contribuído para a ressocialização. “Eu achei a penitenciária bem mais limpa e mais organizada. Meu filho está com outro semblante e com pensamentos diferentes. Eu acredito que a educação e a humanização dentro da penitenciária ajudaram muito para a mudança do meu filho. Fiquei muito emocionada e vou para casa tão feliz!”, afirmou.

Cada reeducando tem direito a receber visita, a cada 15 dias, com duração de 40 minutos, de 1 familiar ou amigo devidamente cadastrado. Não são permitidas as entradas de visitantes com idade igual ou acima de 60 anos, gestantes, menores de 18 anos, visitas íntimas e pessoas que apresentem sintomas gripais.

Em caso de aumento do número de internos que testarem positivos para o novo coronavírus, a visitação será suspensa no estabelecimento prisional. Em relação a visitas virtuais, a medida continuará para internos que não receberem visitas presenciais de familiares e para unidades penais do interior do Estado do Piauí.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar