Preso suspeito de sequestrar e matar menina de 6 anos no Paraná

Quando chegava à escola, Tabata foi abordada pelo homem

Foi preso na noite de quarta-feira, 27, Eduardo Leonildo da Silva, de 30 anos, acusado de sequestrar e matar Tabata Fabiana Crespilho da Rosa, de 6 anos, em Umuarama, no oeste do Paraná. O homem confessou o crime, segundo a Polícia Civil do município. Ele é um conhecido da família da criança.

A menina estava desaparecida desde a última terça-feira, 26, quando foi deixada próximo à escola onde estudava pelo irmão de 13 anos, como acontecia todos os dias. Imagens de câmeras de segurança revelaram que ela foi abordada por Eduardo, que dirigia um veículo Gol, entrou no carro e foi levada por ele.

Os detalhes sobre o crime ainda não foram divulgados pela polícia, mas o corpo da menina já foi localizado. Existe a suspeita de abuso sexual, não confirmada até o momento.

Protesto e rebelião

Revoltados, os moradores da cidade invadiram a delegacia para protestar após a prisão do homem. Alguns quebraram uma porta de vidro e depredaram carros no local. Por segurança, o preso foi transferido para outra unidade.

Outros presos detidos na delegacia aproveitaram o protesto para dar início da uma rebelião. Os policiais ainda trabalhavam para tentar controlar a situação na manhã desta quinta.

Tabata  (Crédito: Reprodução)
Tabata (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Estadão
logomarca do portal meionorte..com