Professor posta fotos com armas de brinquedo na web e é afastado

Em uma delas, ele brinca, ameaçando os estudantes que faltarem.

O diretor de uma escola pública do Rio de Janeiro apareceu com armas de brinquedo nas mãos em fotos de redes sociais. Em uma delas, ele brinca, ameaçando os estudantes que faltarem as aulas. Marcelo Laiginier Rolim é professor da rede estadual de ensino e diretor adjunto em uma instituição da rede municipal. Ele postou na última quarta-feira (23) uma foto na qual ele porta um fuzil de brinquedo e comemora a vitória de seu time.

Em outra postagem na mesma rede social, feita em 2015, ele já tinha aparecido com uma pistola de brinquedo, ameaçando os estudantes que se atrasassem para a aula.

Marta Moraes, diretora do Sindicato dos Professores, repreende as postagens e destaca que a postura do professor no mundo atual é de ser contrário a violência.

 (Crédito: Reprodução/ TV Globo)
(Crédito: Reprodução/ TV Globo)

“Apesar de ser um momento particular, de Facebook, nós somos contrários a qualquer tipo de apologia à violência. Muito pelo contrário, o papel do professor, hoje, é de mediar conflitos. O professor hoje, em uma escola que não tem porteiro, que está muito sucateada, com um entorno extremamente violento, o papel dele é mediar, acalmar, levar tranquilidade para os alunos”, explicou Marta.

A Secretaria Municipal de Educação afirmou que ele foi exonerado da função de diretor adjunto da Escola Municipal Juan Antônio Samaranch, em Santa Teresa, na região central da cidade. Foi instaurado um inquérito para apurar a conduta do professor.

A Secretaria Estadual de Educação contou que o professor foi afastado das funções preventivamente e que instaurou uma comissão de sindicância.

Fonte: Com informações do G1