Repórter é agredida em transmissão ao vivo sobre motim em presídio

Larissa Carvalho falava da situação de momento na penitenciária

Durante a cobertura do motim no Presídio Antônio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a repórter Larissa Carvalho, da TV Globo Minas, foi agredida, quando fazia um boletim com informações, ao vivo, na GloboNews, por volta da meia noite desta terça-feira (17).

Image title

A repórter falava sobre a situação de momento na penitenciária e sobre a questão da superlotação da unidade, quando começou uma gritaria entre os parentes dos presos, que estavam próximos do local onde a repórter trabalhava. Em seguida, uma mulher se aproxima e empurra a repórter, que cai no chão. Um policial aparece e domina a agressora.

Depois da agressão, a polícia isolou a área e a repórter, já em segurança, pôde completar as informações aos telespectadores da GloboNews.

Larissa Carvalho sofreu ferimento leve no braço direito. A mulher que praticou a agressão foi detida. Uma ocorrência policial foi registrada na delegacia de plantão de Ribeirão das Neves.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com