Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Retomada nesta terça a reforma da Evangelina Rosa

Retomada nesta terça a reforma da Maternidade Evangelina Rosa

Retomada nesta terça a reforma da Evangelina Rosa
Retomada nesta terça a reforma da Evangelina Rosa | Divulgação
Compartilhe

Depois de alguns meses parada por problemas t?cnicos, a maior reforma j? feita na Maternidade Dona Evangelina Rosa recome?a nesta ter?a-feira, 14. Nesse final de semana, o diretor da maternidade, Francisco Passos, reuniu-se com o secret?rio de Infra-estrutura, Avelino Neiva, e os representantes da empresa respons?vel pela execu??o da obra para acertar as pend?ncias financeiras e o prazo de entrega da obra, previsto para 90 dias.

O diretor explica que os respons?veis pela obra j? se comprometeram a concluir os trabalhos, que tinham sido paralisados por causa da necessidade de obedecer ?s recomenda?es da Ag?ncia Nacional de Vigil?ncia Sanit?ria (Anvisa). ?Houve uma dificuldade inicial decorrente, na inclus?o na obra, de uma parte que n?o estava prevista no contrato. Um m?s depois de celebrado o contrato, a Anvisa prop?s que fiz?ssemos uma amplia??o e melhorias na UTI neonatal. Essa recomenda??o foi inclu?da no projeto, o que prejudicou o andamento inicial da obra?, ressalta Francisco Passos.

At? agora, foi conclu?da a reforma das enfermarias, que est?o climatizadas. Tamb?m foram conclu?dos 50% da reforma dos consult?rios de alguns apartamentos e do ber??rio de m?dio risco. ?Faltam concluir a UTI neonatal e o centro obst?trico, que s?o as partes mais importantes, j? que ? onde de fato fazemos as cirurgias?, destaca o diretor da maternidade.

Ele explica a import?ncia da primeira e ?nica UTI p?blica neonatal do Estado. ?Com a reforma, o volume de atendimento ser? ampliado em at? 30%, al?m de melhorar muito as condi?es de atendimento, uma vez que, com a amplia??o f?sica, aumenta a capacidade operacional. Mais que isso, a reforma garante a possibilidade de um atendimento mais adequado, humanizado e mais eficaz?, avalia o diretor.

A Maternidade Dona Evangelina Rosa faz cerca de seis mil atendimentos de emerg?ncia por m?s. S?o 2.800 partos cesarianos e mais 3.600 partos normais, al?m de atendimentos de interna?es e emerg?ncias m?dicas. Anexo ? Maternidade, funciona o Centro de Perinatologia, que atende 25 mil pessoas por ano em servi?os de pr?-natal e acompanhamento de crian?as at? cinco anos de idade.

Com a abertura da UTI neonatal, a maternidade assume ainda mais seu posto como unidade de ponta. ?? para l? que s?o encaminhados os casos mais complicados do Piau? e dos Estados circunvizinhos. A UTI garante uma maior seguran?a, tanto para a m?e quanto para o beb? e para o pr?prio profissional?, diz Francisco Passos.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar