A apenas três meses do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), ouvimos André Freitas, gerente de projetos pedagógicos do Sistema pH; Madson Molina, coordenador do Curso Anglo e Edmilson Motta, coordenador-geral do Colégio Etapa para ajudar os estudantes que se preparam para a maratona de provas. Confira as dicas dos professores e veja o que estudar neste período. As informações são do Portal R7

Rotina de estudo: falar em rotina pode dar a falsa ideia de algo monótono ou chato, mas o planejamento de estudo é fundamental, principalmente neste último trimestre. Os estudantes devem revisar o que foi estudado ao longo do ano, dar prioridade para as matérias que têm mais dificuldade e tirar as dúvidas.

Redação: é hora de treinar a redação. Escrever textos, pedir para um professor corrigir e rever os pontos que precisam melhorar é fundamental para conquistar uma boa nota. Nada de ficar tentando adivinhar o tema da redação, agora é hora de focar na estrutura do texto.

Saiba como se preparar para o Enem em apenas três meses - Foto: PixabaySaiba como se preparar para o Enem em apenas três meses - Foto: Pixabay

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) cobra cinco competências na redação: 1. Domínio da escrita formal da língua portuguesa; 2. Compreender o tema e não fugir do que é proposto; 3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista; 4. Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação e 5. Respeito aos direitos humanos. O participante do Enem deve observar esses pontos para desenvolver a redação. Outra dica é ficar atento aos textos de apoio, o candidato encontra informações que auxiliam na produção da redação.

Simulado: Basta entrar no site do Inep e resgatar provas de edições anteriores e refazer. Parece um exercício bobo, mas não é. Os estudantes vão se familiarizando com a prova, podem observar os temas que mais caem e, ainda, devem controlar o tempo: marque a hora que começou e o tempo limite. O Enem é uma verdadeira maratona, o participante tem de responder a 90 questões e produzir uma redação no primeiro e responder mais 90 questões de matemática, química, física e biologia no segundo dia de prova. Controlar o tempo gasto em cada questão ajuda a fazer a prova com mais tranquilidade no dia do exame.

Temas recorrentes: vale revisar ou estudar assuntos que costumam cair no Enem com frequência como ecologia, probabilidade e estatística e escravidão. Em cada uma área do conhecimento tem um tema que se repete, daí a importância de fazer as provas de edições anteriores.

Filosofia e Sociologia: matérias que são normalmente negligenciadas na rotina da maioria dos estudantes, mas são cobradas no exame ou estão presentes em questões da prova de humanas. Acertar essas questões pode garantir uns pontos a mais na prova. Vale ficar de olho em temas como sociedade, cultura, cidadania, política e ética. Os professores lembram que as provas do Enem são montadas a partir de um banco de questões, portanto, assuntos de atualidades específicos não costumam cair.

Controlar a ansiedade: na reta final para as provas, a ansiedade tende a aumentar. Hora de investir em atividade física, em um tempo de relaxamento: assistir a um filme, ler um livro por prazer, fazer caminhada no parque.