Saúde já atendeu mais 140 pessoas no Assentamento 8 de março

Assentamento foi atingido por um incêndio no dia 15 de outubro

A Secretaria de Estado da Saúde continua executando o plano emergencial para as mais de 200 famílias desabrigadas pelo incêndio ocorrido dia 15, no povoado Chapadinha Sul, no assentamento 8 de Março, zona rural de Teresina. Já foram mais de 140 atendimentos realizados e eles continuam na próxima semana.

As famílias recebem atendimento multiprofissional de equipes formadas por cerca de 10 profissionais, entre médicos, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos. Além disso, a Secretaria de Estado da Saúde fez coleta de amostras de água para verificar a qualidade e distribuiu donativos arrecadados por meio de campanhas internas.

Atendimento médico à moradores da chapadinha sul (Crédito: Reprodução)
Atendimento médico à moradores da chapadinha sul (Crédito: Reprodução)

Ana Beatriz Santos é uma das moradoras atingidas pelo incêndio, ela está grávida de sete meses e tem um filho de três anos.

“Essa iniciativa faz toda a diferença pra nós, depois do que passamos é muito importante termos a assistência do Estado”, comenta Beatriz. Prontamente sua família recebeu atendimento dos médicos da Secretaria de Estado da Saúde. Aparentemente ela estava bem, mas continuará sendo monitorada pelos profissionais de saúde, seu filho Lucas precisou de tratamento por conta da inalação de fumaça.

A Saúde disponibiliza toda estrutura necessária para o atendimento inicial e posterior encaminhamento à rede especializada, nos casos necessários, disponibilizando ainda medicações. Segundo Florentino, a força-tarefa do Governo do Estado visa proporcionar além de conforto, soluções rápidas para as famílias, com a assistência complementar à Atenção Primária.

“Nosso papel é dar um suporte à Estratégia Saúde da Família, cabendo à Secretaria de Saúde realizar atendimentos num mutirão que vamos realizar na escola da comunidade, visando atender todas aquelas pessoas do assentamento 8 de Março”, afirma Florentino.

O plano emergencial na área da saúde foi elaborado após a visita realizada após o ocorrido, pelo secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, e técnicos do órgão. O plano integra um conjunto de ações do Governo para assistir àquelas famílias, abrangendo ainda as Secretarias da Defesa Civil, Administração, Assistência Social e Cidadania, além do Corpo de Bombeiros. 

Doações

O incêndio ocorrido no domingo, 15, no povoado Chapadinha Sul, atingiu o assentamento 8 de Março, matando uma criança de 2 anos, além de destruir casas, móveis e deixando mais de 200 famílias desabrigadas.

Para atender às famílias, doações de alimentos, roupas, remédios estão sendo recolhidas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, localizado no bairro Redenção.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com