Secretário é suspeito de trocar cargos por favores sexuais

Suposta conversa em aplicativo de mensagem mostra a oferta

O secretário da Secretaria de Governo e de Serviços Urbanos de Uberaba, no Triângulo Mineiro, foi denunciado no Ministério Público, suspeito de oferecer um cargo na Prefeitura em troca de favores sexuais. A vítima da negociação seria uma adolescente, menor de idade, que o procurou em junho deste ano, para pedir um emprego.


Prints de uma suposta conversa entre a menor e Antônio Sebastião de Oliveira, em um aplicativo de mensagens, foram anexados no documento de acusação. No texto, a jovem pede detalhes sobre a função e o salário. Na conversa, Oliveira teria respondido que o cargo era administrativo na Prefeitura e que os rendimentos poderiam variar entre R$ 1.000 e R$4.000. Porém, para ter os maiores salários, o serviço não seria apenas para a Prefeitura.

Por telefone, o secretário disse que está tranquilo, uma vez que se trata de uma mentira para atingir o atual governo. Em nota, a Prefeitura informou que abriu um processo administrativo para apurar os fatos e que a Procuradoria do município fez uma análise prévia da documentação, não encontrando nenhum fato que comprovasse a denúncia. Além disso, a Prefeitura questionou o fato de a jovem ter feito uma representação sem o acompanhamento de um maior de idade.


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com