Segurança leva Delegacia Itinerante de Gênero para o interior

São Raimundo Nonato será a primeira cidade a receber o serviço

Com o objetivo de alertar às mulheres sobre violência de gênero, a Secretaria de Estado da Segurança Pública, vai levar aos municípios do interior do estado, nos territórios de desenvolvimento, a Delegacia Itinerante de Gênero.

São Raimundo Nonato será o primeiro município a receber os serviços da delegacia, que tem como foco atender mulheres das 18 cidades que integram o Território de Desenvolvimento Serra da Capivara. A ação será nos dias 15 e 16 de janeiro e contará com a participação da governadora em exercício, Margarete Coelho.

“A delegacia será composta por duas delegadas e duas escrivãs da Polícia Civil. O atendimento será realizado em duas salas da Universidade Federal Vale do São Francisco (Univasf). Lá, vamos ouvir as mulheres. Elas poderão fazer o Registro de Ocorrência e, dependendo do caso, faremos pedido de medida protetiva”, explicou a delegada Thais Paz, coordenadora da Central de Flagrantes de Gênero e do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Violência de Gênero.

A coordenadora ressalta que a Secretaria da Segurança vai levar ao Território Serra da Capivara outras ações como a campanha “Acorda Cinderela” e capacitação sobre protocolo de investigação do feminicidio.

“A Secretaria da Segurança desenvolveu um protocolo de investigação do femincicidio e nós vamos capacitar 45 policias militares e civis, que atuam em São Raimundo Nonato e nos outros 17 municípios que fazem parte do Território Serra da Capivara, para todos os inquéritos que investigam feminicídio sejam padronizados e sigam a mesma metodologia”, destaca Thais Paz.

Com relação ao Acorda Cinderela, a delegada informa que a Secretaria da Segurança vai intensificar as ações da campanha no período que antecede o carnaval.

“Em São Raimundo Nonato, vamos um corpo a corpo no Mercado Central alertando as meninas sobre o perigo de ingerir bebida alcoólica, ou qualquer outro tipo de bebida, oferecida por estranhos. Destacar que o medicamento conhecido como 'boa noite Cinderela' não tem cor, não tem cheiro e pode ser misturado até com água. Vamos falar sobre o Vazow, um aplicativo gratuito, que exclui fotos ou vídeos íntimos publicados indevidamente em redes sociais”, disse a coordenadora, lembrando que a Delegacia Itinerante de Gênero, a capacitação sobre protocolo de investigação do feminicidio e a campanha Acorda Cinderela serão levadas a todos os territórios de desenvolvimento.

Fonte: Portal Meio Norte