Sem atendimento do SAMU, morador de rua é socorrido por populares

Um comerciante se voluntariou e levou o idoso em seu carro

Um idoso, morador de rua, deitado em uma calçada, na Av. Tomaz Rebelo, apresentava febre alta, trêmulo, urinando e defecando. Seu estado chamou atenção de quem passava pela calçada e tentaram acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), porém sem êxito, deixando quem presenciou revoltado, mas também despertando o espírito de solidariedade.

A primeira ligação feita à central de regulação, comunicando a situação do idoso, foi às 10h31min, seguido de várias outras ligações. Um lençol foi arranjado para o homem, que também apresentava delírios. Por volta das 14h, um comerciante se voluntariou e o levou em seu carro.


O print que aparece acima é do celular da primeira pessoa que iniciou as ligações de socorro para a central de regulação do SAMU, que funciona em Teresina, mas todas as tentativas foram em vão.

"A resposta que recebi do SAMU e que eu estava congestionando a linha", relatou à nossa reportagem. O comerciante que socorreu o idoso o levou ao Pronto-Socorro do Hospital Regional Chagas Rodrigues.

Fonte: Com informações do Piripiri Reporter
logomarca do portal meionorte..com