Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Sema fecha o cerco à comercialização ilegal de madeira no MA

Na operação desta quinta-feira, seis madeireiras foram autuadas e multadas pela Sema.

Compartilhe

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) realizou nesta quinta-feira (21) uma mega-opera??o de fiscaliza??o e apreens?o de madeiras comercializadas de forma ilegal em S?o Lu?s. Cerca de 75 metros c?bicos do produto, comportados em sete caminh?es, foram apreendidos pelo ?rg?o ambiental do Estado, somente nesta quinta-feira (21). A fiscaliza??o ser? cont?nua e sem data prevista para terminar.

Logo no in?cio da manh?, 20 homens do Batalh?o de Policiamento Florestal surpreenderam diversos estabelecimentos do ramo, instalados na capital, para a fiscaliza??o que compreendia tanto a verifica??o documental da empresa comercializadora do produto como tamb?m da proced?ncia da madeira vendida no local.

Fiscais em mega-opera??o de fiscaliza??o e apreens?o de madeiras comercializadas de forma ilegal em S?o Lu?s - Alta Resolu??oA opera??o faz parte do programa de combate ao desmatamento ilegal no Maranh?o, desenvolvido pelo Governo do Estado. ?E uma das formas de impedirmos esse grave problema ambiental ? coibindo a comercializa??o ilegal de madeira?, afirmou o secret?rio de Estado do Meio Ambiente, Othelino Neto. ?N?o vamos dar tr?gua. Receber, transportar e comercializar produtos de origem florestal sem proced?ncia legal ? crime. Vamos agir fortemente para impedirmos essas pr?ticas em toda a cadeia produtiva?, frisou o secret?rio.

Na opera??o desta quinta-feira, seis madeireiras foram autuadas e multadas pela Sema. Segundo o superintendente de Gest?o Florestal, Charlys Wagner, as principais irregularidades verificadas foram quanto ? falta do Cadastro de Exploradores e Consumidores de Produtos Florestais (Ceprof), da Guia Florestal (GF), documento que permite o transporte da madeira; e do licenciamento ambiental para funcionamento do empreendimento. Os fiscais constataram tamb?m na a??o que grande parte da madeira apreendida ? de proced?ncia ilegal.

Batalh?o de Policiamento Florestal visitam estabelecimentos do ramo - Alta Resolu??oO superintendente da Sema informou ainda que o cerco vai se fechar em todas as principais rotas de circula??o de madeira do Estado, entre elas, a regi?o de Buriticupu, A?ail?ndia, Encruzo, Balsas, e outras. Ele sugere, inclusive, que o consumidor denuncie atividades ilegais e exija das madeireiras a apresenta??o do Ceprof antes de efetuar a compra. Para ele, esse tamb?m pode ser um fator importante no combate ao desmatamento e ? comercializa??o ilegal de madeira.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar