Senado aprova PEC que viabiliza a prática da vaquejada

Temer sancionou lei em novembro que levou vaquejada a esta condição

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (14), em primeiro e em segundo turnos, uma proposta de emenda à Constituição (PEC) apresentada por Otto Alencar (PSD-BA) que viabiliza a prática da vaquejada.


Com a aprovação, o texto segue para análise da Câmara, onde também deverá ser analisado em dois turnos. Para ser promulgada, a PEC precisará do apoio de, pelo menos, três quintos dos deputados (308 dos 513).

A PEC estabelece que "não são cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, desde que sejam manifestações culturais". Os senadores Ciro Nogueira (PP-PI) e Elmano Férrer (PMDB) foram favoráveis à proposta, enquanto Regina Sousa (PT) absteve-se.

Image title


Fonte: G1