Sérgio Cabral deixa Curitiba e retorna para Bangu, no Rio

Sérgio foi transferido para Curitiba após suspeita de regalias.

O ex-governador Sérgio Cabral deixou a carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, por volta das 10h deste sábado (17) e deve retornar dentro de poucas horas para o Complexo de Gericinó, em Bangu, zona Oeste do Rio de Janeiro, onde estava preso anteriormente. Ele foi levado ao Rio em um avião da PF, que deixou o Paraná por volta das 12h.

Sérgio havia sido transferido após suspeita de recebimento de regalias dentro do presídio no Rio. Na decisão de hoje, no entanto, o desembargador Abel Gomes considerou que não havia fundamentos suficientes para comprovar que o ex-governador tenha recebido regalias no período em que permaneceu preso em Bangu.

Sérgio Cabral foi preso no dia 17 de novembro, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Calicute, que apura fraudes em licitações do governo fluminense. Segundo as investigações, o grupo liderado pelo ex-governador recebeu propinas de diversas empreiteiras, incluindo a Andrade Gutierrez e a Odebrecht.

Na quinta-feira (15), Cabral, a mulher dele, Adriana Ancelmo e outras cinco pessoas foram denunciadas à Justiça Federal de Curitiba, no âmbito da Operação Lava Jato. O Ministério Público Federal (MPF) aponta que o grupo pode ter cometido crimes como corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro.

Sérgio Cabral deixa caseragem da Polícia Federal em Curitiba (Crédito: Leando Silva /RPC))
Sérgio Cabral deixa carceragem da Polícia Federal em Curitiba (Crédito: Leando Silva /RPC))






Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com