Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

SP: Policiais resgatam homem que vivia em situação ‘desumana’ em mata

No momento, Polícia Civil quer identificar o indivíduo, para que possa receber atendimento adequado, seja psiquiátrico ou acolhimento.

SP: Policiais resgatam homem que vivia em situação ‘desumana’ em mata
|
Compartilhe

Um homem que, segundo relatos de moradores, vivia em uma mata que margeia o Rio Paraná, no distrito de Porto Primavera, em Rosana, foi resgatado por policiais nesta segunda-feira (18). Ele, que foi levado para o hospital da cidade, apresentava condições “desumanas” de higiene pessoal no momento da abordagem, segundo a Polícia Civil, e sua identidade é desconhecida.

Conforme a Polícia Civil, no momento, o que se busca é a identificação do homem, para que seja possível um atendimento em alguma instituição, seja de acolhimento ou de psiquiatria, e também tirá-lo da situação precária de vulnerabilidade.

Há cerca de quatro meses, policiais recebiam relatos informais sobre um homem que estaria residindo em meio a um local conhecido como Mata do Grêmio, se alimentando de cães mortos e de restos orgânicos que são descartados no terreno.

Além disso, também surgiram relatos de supostas tentativas de agressões e de uma agressão física consolidada – que foi registrada no ano passado – que em tese teriam sido praticadas por este homem.

Com as informações, a Polícia Civil passou a realizar diversas diligências no intuito de localizar e identificar a pessoa.

Segundo relatos informais repassados à polícia, o homem não era socializado e apresentava atraso mental.

Nesta segunda-feira (18), novas informações apontaram que o homem caminhava pela rodovia que dá acesso ao vizinho Estado do Mato Grosso do Sul.

Após confirmar a situação, a Polícia Civil solicitou apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e as equipes foram ao local, onde o homem foi encontrado.

No momento da localização, o homem estava armado com uma pequena faca de serra, que foi apreendida pelos policiais, e, apesar de no início ter apresentado comportamento hostil, logo aceitou a abordagem.

Conforme a polícia, o homem não conseguia se comunicar e repetia poucas palavras daquelas que ouvia, sempre demonstrando temor das pessoas que com ele tentavam interagir. As suas condições de higiene pessoal eram desumanas e degradantes, também segundo a Polícia Civil.

Os policiais entraram em contato com o Ministério Público local e com a Secretaria Municipal de Saúde e o homem acabou encaminhado ao hospital para receber cuidados médicos e ser avaliada a sua possível internação.

Uma equipe policial coletou as impressões digitais do homem para tentar a sua posterior identificação.

O homem aparentava características de ser de origem paraguaia ou boliviana, segundo a Polícia Civil, e demonstrava evidente situação de vulnerabilidade. Contudo, não foi descartada a sua origem indígena e a Fundação Nacional do Índio (Funai) também deve ser acionada.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar