mais

Suspeito de latrocínio tem a perna necrosada após ser baleado em THE

Os policiais militares e civis levantaram informações e descobriram que o suspeito tem passagem pela polícia, pela prática de diversos crimes

Um suspeito identificado como Samuel Rodrigues de Sousa, de 19 anos, deu entrada no Hospital do Promorar, na zona Sul de Teresina, após ter sido baleado há alguns dias. De acordo com as primeiras informações, Samuel demorou para buscar atendimento médico e acabou ficando com perna ficou necrosada e pode ser amputada. Ele foi transferido para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Samuel Rodrigues foi transferido para o HUT - Foto: ReproduçãoSamuel Rodrigues foi transferido para o HUT - Foto: Reprodução

Os policiais militares e civis levantaram informações e descobriram que o suspeito tem passagem pela polícia, pela prática de diversos crimes, entre eles um latrocínio no município de Açailândia, no Maranhão e estava foragido.

Segundo a polícia, Samuel deu o nome errado e endereço na recepção do hospital e já está com vários dias com tiro na perna, o que acabou ocasionando a necrose (quando ocorre o estado de morte de um grupo de células , tecido ou órgão, geralmente devido à ausência de suprimento sanguíneo).

A polícia também apura uma suposta vinculação do suspeito com o assassinato do sargento da Polícia Militar Marcos Roberto, no conjunto Porto Alegre, na zona Sul de Teresina, durante tentativa de assalto por dois ladrões. O sargento Marcos Roberto chegou a atirar em um de seus assassinos, que mesmo baleado conseguiu fugir.

Suspeito está sob escolta policialSuspeito está sob escolta policial

Tatuagem com simbolo de facção criminosaTatuagem com simbolo de facção criminosa

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail