Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Suspeito de matar deficiente visual é preso com armas em Teresina

Homem que não teve a identidade revelada foi preso suspeito de matar Daniel Carlos de Sousa Silva no dia 30 de julho

Compartilhe

A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (Depre) junto ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Força Tarefa da Secretaria de Segurança deflagraram operação conjunta e conseguiu prender na manhã desta sexta-feira (14), um homem de 36 anos, que não teve o nome divulgado, e era consiserado foragido da justiça e suspeito de matar o deficiente visual Daniel Carlos Sousa Silva, de 35 anos, em julho deste ano, na zona Sudeste de Teresina. 

Suspeito de homicídio foi preso em Teresina - Foto: Divulgação/Polícia Civil do Piauí

Seu comparsa também foi preso. Ele guardava a arma de fogo que teria sido usada no crime. Os dois foram presos no bairro Monte Horebe. O alvo da operação possuia três mandados de prisão em aberto, sendo dois por roubo e um por homicídio. Ele também é suspeito de comercializar drogas na região, e investigado por participação em outros assassinatos.

LEIA MAIS: Deficiente visual é executado com 15 tiros na zona Sudeste de Teresina

Na operação para prender o homicida, os policiais tiveram de arrombar a porta da casa onde ele morava e captura-lo quando ele tentava fugir pelos fundos. Os policiais encontraram em sua casa um revólver e dois coletes à prova de balas, que teriam sido roubados de vigilantes.

Comparsa foi preso por porte ilegal de arma de fogo - Foto: Divulgação/Polícia Civil do Piauí

Próximo a casa do suspeito, os policiais prenderam um homem que seria seu comparsa. Na casa dele, foi encontrada a pistola roubada da Polícia Militar que teria sido utilizada para matar Daniel Carlos. Ele guardava a pistola usada no crime para dificultar a associação da arma ao autor do homicídio. Os dois foram presos em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Arma utilizada no crime foi apreendida - Foto: Divulgação/Polícia Civil

O crime 

O deficiente visual Daniel Carlos Sousa Silva, de 35 anos, foi assassinado a tiros no dia 30 de julho de 2020, no bairro Redonda, na zona Sudeste de Teresina. Uma unidade de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada por moradores, mas a vítima faleceu antes de ser socorrida.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar