Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Suspeito faz jovem de 19 anos recitar salmo e cantar durante estupro

Na delegacia, segundo a polícia, Adriano Lima de Aquino confessou o crime.

Suspeito faz jovem de 19 anos recitar salmo e cantar durante estupro
| Reprodução/TV Diário
Compartilhe
Google Whatsapp

Um ajudante geral de 35 anos foi preso em Poá nesta quarta-feira (6) sob suspeita de estuprar uma jovem de 19 anos, enquanto a obrigava a recitar salmo e cantar, sob ameaça de uma faca durante quatro horas. Segundo a polícia, o suspeito disse que estava solteiro a 10 anos e "queria ser feliz".

Na delegacia, segundo a polícia, Adriano Lima de Aquino confessou o crime. "Eu peguei ela e levei para o mato. Pratiquei o ato", aparece o suspeito dizendo na gravação do depoimento. A justiça decretou a prisão temporária dele no fim da tarde desta quarta-feira.

O crime ocorreu na quinta-feira (31). Imagens registradas por câmeras de monitoramento mostram a estudante caminhando por uma estrada. Na sequência, o suspeito aparece com uma mochila nas costas. Segundo a investigação da polícia, a vítima foi abordada logo à frente.

"Com as imagens e outros elementos de investigação, nós chegamos a um nome. Entramos em contato com policiais de outro estado e conseguimos uma foto dele. A vítima reconheceu este indivíduo de imediato. Nós pedimos a prisão dele, ele foi preso e confessou o crime", conta o delegado Eliardo Amoroso Jordão, do DP de Poá.

Ainda segundo Jordão, o homem teria obrigado a vítima a recitar salmos e cantar enquanto ela praticava estupro. "Perguntado o motivo, ele disse que já estava há dez anos sozinho e queria ser feliz. Ele roubou o celular dela e praticou o estupro", conta o delegado.

Já na cadeia, o ajudante foi novamente reconhecido pela vítima que, segundo a polícia, entrou em choque ao rever o ajudante.

A polícia apurou que Adriano Lima Aquino veio da Bahia há cinco anos e morava em Ferraz de Vasconcelos. A polícia acredita que ele tenha feito outras vítimas tanto no Alto Tietê quanto no nordeste. "Caso alguém o reconheça, pode procurar a delegacia de Polícia de Poá", explicou o delegado.

O suspeito deverá responder por roubo, estupro e possivelmente por tortura, de acordo com o delegado.


Reprodução/TV Diário 


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto