Suzanne e Carolina Jatobá deixam prisão no Dia das Criança

Cumprindo pena no semiaberto e tiveram o benefício da 'saidinha'

Na manhã desta quarta-feira (11) as detentas Suzane von Richthofen que foi condenada pela morte dos seus pais em 2002 e Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da sua enteada Isabella Nardoni, deixaram a prisão, em Temembé (SP) após ganharem o benefício da saída temporária do Dia das Crianças.

A justiça concedeu o benefício para as duas nesta terça-feira (10). Elas têm direito a cinco saídas temporárias por ano. Elas podem sair também no Dia das Mães, Páscoa, Dia dos Pais e no período entre Natal e Ano Novo.

As duas cumprem a sentença no regime semi-aberto na penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier 'P1 feminina'. Elas saíram por volta das 8h desta quarta-feira e devem retornar até às 17h da próxima segunda-feira (16).

Para terem direito ao benefício elas informaram à Vara de Execuções Criminais (VEC) o endereço onde devem permanecer e devem seguir regrras com restrições de horários, não podendo, por exemplo, ficar na rua após às 22h.

Cumprindo pena no regime semiaberto, é a primeira vez que Anna Carolina Jatobá teve direito ao benefício da 'saidinha'. Uma mulher não identificada foi buscá-la em uma SUV na porta do presídio. Ela deve ficar esses dias com os seus dois filhos de 10 e 12 anos. O Advogado dela, Roberto Podval, não quis dar detalhes sobre a saída de sua cliente.

Já Suzane, que cumpre pena no semiaberto desde 2015, teve sua primeira 'saidinha' em abril de 2016, feriado de Páscoa. O seu namorado foi buscá-la hoje na porta do presidio e eles costumam ir para onde ele mora em Angatuba (SP).


Fonte: g1
logomarca do portal meionorte..com