Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Excesso de informação no Facebook pode prejudicar relacionamento

O levantamento indica que as pessoas não gostam quando seus parceiros divulgam seus sentimentos profundos ou experiências pessoais na rede social.

Compartilhe

Um estudo da Universidade de Kansas (EUA) divulgado nesta terça-feira (12) indica que publicar informações demais no Facebook pode ser prejudicial a relacionamentos amorosos. O levantamento indica que as pessoas não gostam quando seus parceiros divulgam seus sentimentos profundos ou experiências pessoais na rede social.

"Você tem expectativas que seu parceiro fale somente para você algumas coisas importantes, mas então você o vê anunciando aquilo para todo mundo", afirmou Juwon Lee, estudante de doutorado em psicologia que liderou a pesquisa. "Você então se sente menos especial", conclui.

O excesso de compartilhamento de informações também afeta aquele que abusa das redes sociais. "Divulgar muito pode criar um nível menor de intimidade e satisfação [com o atual parceiro]. Quanto mais você faz isso, mais percebe que há parceiros em potencial por aí, que podem ser escolhidos. Isso pode reduzir o valor do relacionamento", continua Juwon.

Pesquisa

Em parceria com Omri Gillath, professor de psicologia da universidade, os pesquisadores dividiram o levantamento em três partes. Na primeira, determinaram o que seria um nível alto de exposição pessoal no Facebook. Depois, relacionaram esse compartilhamento com os níveis de satisfação e intimidade em relacionamentos amorosos.


Excesso de informação no Facebook pode prejudicar relacionamento

Por último, criaram dois murais falsos no Facebook: um que parecia ser de um usuário reservado (informações de esportes, tempo e itens genéricos), outro de alguém que divulgava informações pessoais (aulas, problemas com peso e fotos de festas, por exemplo). Os voluntários tinham então de encarar aqueles murais como sendo de seus parceiros. A conclusão foi que eles se sentiam menos íntimos daqueles que divulgavam demais.

"Como parceiro, você acredita ter algumas informações privilegiadas [...]. Muitas revelações levam a menos intimidade e satisfação", afirmou Lee. Esse mesmo efeito não é observado entre amigos, segundo a pesquisadora, pois esse tipo de relação dispensa conceitos de monogamia e exclusividade.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar