Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Homem pega maior sentença da história por piratear filmes

Eles teriam feito cópias de Capitão América, Avatar e Homem de Ferro 2, entre outros.

Homem pega maior sentença da história por piratear filmes
Homem pega maior sentença da história por piratear filmes. | Reprodução
Compartilhe

A justiça americana deu a maior sentença da história do país em um caso de pirataria: 5 anos de prisão. O condenado é Jeramiah Perkins, 40 anos, um dos integrantes do IMAGiNE Group, grupo que gravava filmes dentro das salas de cinema e os distribuía na internet. As informações são da Wired.

A sentença de Perkins, o quarto de cinco integrantes a ser julgado, foi ainda maior do que a de Gregory Cherwonik, 53 anos, também do IMAGiNE e que detinha o recorde anterior, de 40 meses - o equivalente a três anos e quatro meses de prisão. Os outros dois membros já julgados, Sean Lovelady, 28 anos, e Willie Lambert, 57 anos, pegaram respectivamente 23 e 30 meses.

O esquema do grupo consistia em gravar as imagens do filme com uma câmara e registrar o áudio com gravadores separados. Depois, as duas partes eram sincronizadas e os filmes distribuídos na internet. Eles teriam feito cópias de Capitão América, Avatar e Homem de Ferro 2, entre outros. De acordo com a associação de estúdios americanos, a MPAA, o IMAGiNE era o grupo mais bem sucedido em piratear conteúdos ainda exclusivo dos cinemas.

De acordo com os autos do processo, os acusados - que se autodeclararam culpados - recebiam doações e pagamentos através de contas do PayPal. Perkins era o responsável por criar essas contas, além de alugar os servidores na França, nos Estados Unidos e no Canadá para armazenar os filmes compartilhados, e criar e-mails e domínios para a distribuição das produções.

O acordo entre Perkins e a promotoria do estado americano de Virgínia foi aceito pelo juiz Arenda Wright Allen. O quinto membro do IMAGiNE Group deve ser julgado em março deste ano.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar