Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Taxas de TED e DOC devem acabar

Até a Ana Paula Arósio voltou à TV para apresentar os benefícios. Você ainda vai ouvir falar do novo sistema do Banco Central

Compartilhe

Quem se lembra da Ana Paula Arósio em propaganda de empresa de telefonia? A atriz passou anos reclusa, mas voltou com força total nesta semana para promover uma novidade que ainda vai dar o que falar: o Pix. Três letrinhas que identificam a nova tecnologia de pagamentos do Banco Central. Por enquanto não quer dizer muita coisa, mas todo mundo estará falando disso até o fim do ano. A notícia está no site Tech Tudo.

Pudera: será digital e de graça para pessoas físicas. Ele foi desenhado para sepultar de vez o TED e o DOC, aqueles métodos de pagamento que geralmente nos custam alguns reais, a depender da relação com banco. Não há motivos para não aderir. Agora as instituições começam a correr atrás dos consumidores. E é por isso que hoje eu trago uma boa e uma má notícia.

Banco não costuma brincar em serviço. Se todos os maiores conglomerados financeiros estão na fila para usar o Pix, significa que será mais barato não somente para os consumidores, mas também para quem opera o sistema. O Banco Central vai cobrar dos bancos um centavo a cada dez transações Pix, enquanto as modalidades anteriores saíam a até sete centavos por operação. Nem se compara.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar