Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Teresina mantém queda na ocupação de leitos de UTIs e óbitos por Covid

É o que aponta o Painel de Dados Covid-19 da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina.

Compartilhe

Teresina tem registrado redução significativa no número de atendimentos por síndromes gripais, taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensivas (UTIs) para a Covid-19 e óbitos decorrentes da doença. É o que aponta o Painel de Dados Covid-19 da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, que contabiliza os números da rede pública e privada da capital.

A estatística apresentada no Painel revela que os atendimentos a síndromes gripais na rede de saúde do município tiveram uma redução de quase 50%, se comparado ao final do mês de junho, período do pico da Covid-19 na cidade. Na semana passada, cerca de 10 mil pessoas realizaram consultas de síndromes gripais. Já na última semana de junho, foram quase 20 mil pessoas atendidas.

Atendimentos por síndromes gripais caíram na capital piauiense — Foto: Divulgação /Prefeitura de Teresina 

Considerando a média móvel da última semana, o número também chega a ser quase a metade dos atendimentos registrados no pico da doença em Teresina. No dia 24 de agosto foram atendidas 1.513 pessoas com sintomas gripais, enquanto que em 30 de junho, durante o pico, foram realizados 2.822 atendimentos. Neste período, também houve redução no número de atendimentos dos casos graves de síndrome respiratória. Foram 39,57 atendimentos realizados no dia 25 de agosto. Em 23 de junho, este número era bem maior e chegou a 89 atendimentos.  

De acordo com a médica infectologista da FMS, Amparo Salmito, para que Teresina continue apresentando redução progressiva destes números, é necessário que a população mantenha as medidas de higiene e de distanciamento social, além do uso de máscara. “Vamos ficar bem e os números continuarão caindo se redobrarmos todos os cuidados. É preciso manter o distanciamento, sair sempre usando máscara e higienizar, sempre que possível, as mãos com água e sabão e/ou álcool em gel 70%”, comentou.

Teresina mantém queda na ocupação de leitos de UTIs e óbitos por Covid (Foto: CCOM)

O Painel apresenta ainda dados relacionados à taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19. Atualmente, a taxa é de 55%, o que representa, aproximadamente, a internação de 185 pessoas. Teresina dispõe de 333 leitos destinados a pacientes infectados pelo novo Coronavírus. Destes, 148 estão livres. Os leitos de enfermaria correspondem a quase 60% da taxa de ocupação. Dos 497 leitos disponíveis, 288 estão ocupados e 209 estão livres.

Com relação aos óbitos ocorridos na capital, considerando a média móvel de 14 dias, houve uma queda de 31,91%. Analisando os números da 34ª semana epidemiológica, a redução foi de 21% em relação ao número de óbitos registrados na semana anterior, quando foram verificados 49 óbitos. Até o momento, Teresina registra 899 mortes, 24.721 pessoas infectadas pelo novo Coronavírus e 11.725 pessoas curadas, segundo o Centro de Operações em Emergências (COE).


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar